Usabilidade: 5 erros que não podem existir no e-commerce

Usabilidade: 5 erros que não podem existir no e-commerce

 

Ainda é comum casos de empresários que perdem dinheiro com suas lojas virtuais por cometerem erros de usabilidade. Confira algumas dicas para que você não erre nesse quesito e aumente suas vendas:

 

Falta de responsividade no checkout

De acordo com uma pesquisa realizada pela deviceLab, 69% dos e-commerces do Brasil apresentam pelo menos um problema durante a etapa de checkout. Mas como resolver esse impasse? Simples: planejando e testando ao máximo em quais aparelhos seu site pode funcionar corretamente. Assim, você ajusta eventuais falhas e perde o menor número possível de clientes.

 

Páginas que demoram muito a carregar

Se tem uma coisa que tanto o Bing (sistema de buscas da Microsoft) quanto o gigantesco Google concordam é que ter uma página que demora muito tempo para carregar pode não ser uma boa para os negócios. Pelo menos é o que diz uma pesquisa realizada em 2009, que já mostrava ser necessário um atraso de apenas 2 segundos para o usuário ficar insatisfeito com o serviço.

 

Navegação confusa demais

De acordo com o best-seller de Steve Krug intitulado “Não me faça pensar”, nenhum usuário quer pensar demais quando acessa um site. Por isso, é extremamente importante saber se a navegação do seu e-commerce é simples o suficiente para os visitantes se virarem com facilidade ou se é possível ficar perdido ali dentro, causando, obviamente, a desistência dos inicialmente interessados.

 

Respiros excessivos dentro das telas

Ao criar uma landing page ou página de compra, procure distribuir bem as informações e evite espaços em branco desnecessários. Atente-se para não espalhar informações demais, procurando dividir tudo em blocos e manter um bom espaçamento entre eles.

Muitas etapas para concluir a compra

Quando você entra em uma loja física para comprar alguma coisa, tudo precisa ser bem simples, certo? Então por que esse processo deveria ser diferente em seu e-commerce? Como já dissemos em outro post, uma plataforma para e-commerce nada intuitiva pode configurar um dos principais motivos de você não vender pela internet. Facilite a compra em poucos passos e limite-se a perguntar o estritamente necessário ao consumidor.

 

[soundcloud id=’264385363′]

[adrotate banner=”13″]

Comentários