O que é Neuromarketing?

Blog 2 7 - O que é Neuromarketing?

O que é Neuromarketing?

Você sabia que marketing e ciência podem andar lado a lado? Exatamente! O Neuromarketing junta toda ciência comportamental e neurológica durante a exposição do indivíduo a uma marca, empresa ou até mesmo durante o processo de compra.

O tema entrou em muitas pautas de palestras, cursos e estudos nos últimos dez anos. Psicólogos, publicitários e profissionais de marketing uniram seus conhecimentos para entender quais os gatilhos responsáveis por levar o consumidor à compra.

Podemos dizer também que essa área de estudo visa elaborar ações e melhores maneiras de se comunicar com o cérebro humano, a fim de persuadir o consumidor através de estímulos externos.

O cérebro humano é muito diverso, e a reação a estímulos de propaganda muda muito de indivíduo para indivíduo. Ainda assim, com o Neuromarketing, é possível estabelecer um padrão comportamental entre todas as pessoas.

Porém, atenção: o Neuromarketing não é um tipo de estratégia ou técnica, mas sim uma área de estudo. Com ela, é possível traçar outras estratégias de comunicação e persuasão.

De acordo com este estudo, nosso cérebro pode ser dividido em três partes.

Cérebro reptiliano

Tudo que é relacionado à sobrevivência é controlado por essa parte do cérebro. Estímulos como sono, fome, sede e outras emoções primitivas como amor, medo, raiva, entre outras.

Cérebro límbico

Essa parte do cérebro é responsável por emoções mais complexas. Além disso, o cérebro límbico é responsável pelo armazenamento de dados e também pelos cinco sentidos.

Neocórtex

Essa parte do cérebro é responsável pela tomada de decisões, e por toda parte de convivência social. O Neocórtex também controla o nosso raciocínio.

Com isso é possível ter uma base de entendimento do cérebro humano, quando este está exposto a mensagens e estímulos de compra.

Atualmente, o Neuromarketing é estudado, majoritariamente, em algumas áreas específicas. Uma delas é o Branding, ou posicionamento de marca. Uma marca que é lembrada cria conexões emocionais com seu público. O Neuromarketing faz a mensuração dessas relações, identificando o que causa mais efeito e leva o consumidor à compra.

Outra área de estudo é a efetividade da comunicação. O Neuromarketing estuda diretamente quais elementos causam mais efeito dentro de uma publicidade. O objetivo é utilizar elementos colocados de maneira subliminar para influenciar o consumidor à decisão de compra.

O Design de produtos e embalagens também é uma área de estudo. Com o Neuromarketing é possível saber qual a reação do consumidor ao se deparar com uma nova embalagem.

Em suma, podemos dizer que o Neuromarketing é uma área de estudo que evolui a cada dia, auxiliando profissionais e empresários a entenderem cada vez mais a mente do consumidor, gerando assim melhores experiências e mais conversão em vendas.

Quer saber mais sobre o assunto? Fique de olho em nosso blog.

Sucesso e boas vendas!

Comentários