Multicanal: saiba como investir em todos os canais e alavanque suas vendas

image 1 - Multicanal: saiba como investir em todos os canais e alavanque suas vendas

Multicanal: saiba como investir em todos os canais e alavanque suas vendas

Uma empresa multicanal ou multichannel é aquela que oferece aos consumidores diferentes canais de contato com a loja, seja para se comunicar ou para comprar da forma mais fácil para ele.

Essa estratégia não apresenta benefícios apenas para o consumidor, mas também para o seu negócio. Oferecer mais opções de contato com sua loja significa ter maiores chances de venda.

Ser uma empresa multicanal se tornou fundamental em tempos onde os consumidores procuram maior facilidades. Essa constatação vale não apenas para o varejo, mas também para outros tipos de comércio.

Grande parte do comportamento se dá ao crescimento da internet, que moldou quase todo o processo de compra dos consumidores. A internet ofereceu aos consumidores certas facilidades. Por exemplo: realizar compras através de seus celulares no conforto de sua casa, sem enfrentar filas e outras indisposições. Porém, ainda existe quem prefira uma experiência mais pessoal e com contato direto com os produtos.

Os canais utilizados para a relação entre empresa e consumidor podem ser tradicionais ou digitais. Dentre os tradicionais, estão:

  • Lojas físicas –um dos mais tradicionais canais de venda do varejo, precisam de estratégias de marketing específicas para alcançar o público.
  • Franquias –quando uma empresa chega ao sucesso, ela repete as estratégias de venda e distribuição em novos locais, mantendo suas características.
  • Televendas –É criado uma central de atendimento telefônica para estimular as vendas. O público-alvo é composto por pessoas que não utilizam tecnologia mais avançada, como a internet.
  • Rede de consultores –oferece uma venda personalizada e intimista, normalmente realizada por amigos e conhecidos do consumidor final.

Já os canais digitais relacionados para vendas atingem um público ainda mais amplo e geograficamente distante. São eles:

  • F-commerce(Facebook Commerce) – a rede social é útil na hora de reunir os consumidores de uma marca e também de medir seu perfil e suas necessidades.
  • E-commerce(Eletronic Commerce) – funciona como uma loja virtual onde os produtos são apresentados e as vendas são realizadas online.
  • M-commerce(Mobile Commerce) – são aplicativos desenvolvidos para smartphones que servem como opção para conhecer e adquirir produtos e serviços.
  • E-marketplace(Shopping Center Online) – trata-se de um canal que reúne produtos de diferentes empresas.

O atual consumidor é multiplataforma, isso significa que ele utiliza mais de um canal no processo de compras.

Diante desse cenário, é possível afirmar que ser uma empresa multicanal é essencial para se manter competitivo no mercado. Porém, isso não significa incorporar a sua marca em várias plataformas diferentes e pronto. É fundamental conhecer muito bem o seu público-alvo e estudar seus hábitos de compra. Assim, você pode definir quais os melhores canais para a sua empresa.

Também é preciso levar em consideração alguns aspectos importantes. Logística, estoque e comunicação são alguns deles., Com isso, é possível fazer um planejamento antes de começar de fato a apostar nessa estratégia.

A escolha dos canais varia de acordo com seu target e as demandas da empresa. É imprescindível estudar os produtos que podem ser oferecidos no, de acordo com a probabilidade de vendas e alcance.

Além disso, deve-se pensar no estoque, meios de distribuição e como trabalhar a comunicação do seu negócio.

Se uma empresa quer marcar presença digital, mas avalia que nem todos os seus produtos são adequados a esse tipo de comércio, tem a opção de disponibilizar apenas uma parte de seu catálogo online, fazendo com que os demais produtos sejam oferecidos apenas na loja física.

Também considere a entrega dos produtos. Procure criar parcerias com empresas que tenham preços competitivos e um serviço eficiente, além de disponibilizar digitalmente apenas produtos que a entrega possa ser garantida.

Evite que um canal concorra com o outro. Mesmo que a loja física e a loja virtual ofereçam mercadorias diferentes, elas devem estar sincronizadas. Afinal, o cliente vai identificar a empresa pela marca e não pelo canal de escolha.

Como transformar a sua empresa em multicanal?

O primeiro passo é estudar e analisar o comportamento do seu cliente ideal. Ou seja, compreender a maneira como eles preferem realizar suas compras, quais fatores consideram decisivos para escolher entre uma loja e outra, quais as quantidades que costumam comprar, qual o cargo das pessoas que realizam as compras e assim por diante.

Uma vez conhecidas as respostas e ligadas ao comportamento dos clientes, é possível escolher os canais com o qual a empresa trabalhará e quais serão as abordagens e linguagem utilizadas.

É importante lembrar que ao optar por mais de um canal, a empresa deve ter o cuidado de não utilizar a mesma abordagem em todos eles. Veja, não faz sentido ficar insistindo na mesma informação em todos os canais, cada um deles possui suas próprias características, assim como os clientes que as utilizam.

Outro ponto de atenção: na estratégia de multicanal diz respeito à fatores como logística, gestão do estoque, estratégias de marketing e assim por diante. Cada canal possui seu desafio e isso também deve ser levado em conta.

Trabalhar de maneira a contar com multicanal exige da empresa muita organização e controle, caso contrário, podem ser infinitos os problemas de comunicação, portanto, vale a pena investir em um sistema de gestão que trabalha integrando as vendas, o estoque e as demais interações dos clientes em todos os canais.

Comentários