Logo, logotipo, logomarca e marca: descubra a diferença entre esses termos

É normal as pessoas leigas nessa área não saberem a diferença entre logo, logotipo, logomarca e marca. É mais normal ainda elas acharem que essas palavras são sinônimas ou generalizarem tudo usando apenas a palavra “logo”.

Nada disso é errado, mas saber as terminologias certas faz com que você consiga expressar melhor o que quer. Isso porque estamos falando de um componente da identidade visual da empresa, sendo de extrema importância para o seu sucesso. Portanto, para acabar com as dúvidas, vamos mostrar as diferenças entre esses conceitos!

Logo

“Logo” é um termo derivado do grego “logos” que quer dizer “significado”. Ou seja, é o conceito da empresa (missão, visão e os valores da empresa, a forma como ela se posiciona no mercado, entre outros). Normalmente, ele é apresentado para a agência que irá desenvolver o símbolo. Também pode ser apenas a abreviação de “logotipo” ou “logomarca” – irá variar conforme o contexto da frase.

Logotipo

Aqui temos a junção de “logo” (significado) + “tipo” (termo também derivado do grego “typos” e que significa “símbolo”). O dicionário online define esse conceito como “símbolo que, composto por uma imagem, pela estilização de uma letra ou pelo agrupamento de letras de modo a formar um design particular, serve para identificar uma empresa, marca, produto”.

Ou seja, o profissional de design pegará o conceito e representará graficamente aquele conceito. Como isso fará parte da identidade visual e estará presente em todas as peças gráficas (anúncios, banners, faixas, outdoors, folders, etc.), servirá para fazer a empresa ser identificada e facilmente notada pelo público.

Logomarca

Esse conceito é bastante contestado pelos profissionais da área. Há aqueles que defendem o uso dessa palavra e há aqueles que acham esse conceito errado. Vamos explicar cada um desses pontos de vista, mas não tomaremos nenhum lado, porque acreditamos que os clientes leigos podem usar o conceito que quiserem, o importante é a mensagem ser compreendida.

Aqueles que legitimam esse conceito defendem que a língua portuguesa adota as duas terminologias e por isso ela não pode ser crucificada. Logomarca seria o desenho do símbolo que representa a marca e que pode utilizar letras. Já o logotipo seria a identificação da empresa por letras (ou seja, é a representação do nome da empresa de uma forma estilizada).

Já quem deslegitima esse conceito, protesta que ele não faz sentido. Isso porque “logo” quer dizer “conceito/significado” e “marcas” (termo derivado do germânico “marka”) também quer dizer “significado”. Dessa forma, a tradução seria “significado do significado”, sendo bastante redundante. Assim, para eles, o certo seria usar apenas logotipo.

Marca

Por fim, chegamos a definição de marca, que tem um conceito muito mais abrangente, indo além da representação gráfica. É por isso que ela não pode ser usada como um sinônimo de logo, logotipo e logomarca. Em verdade, ela é a essência da empresa, ou seja, a forma como será vista e sentida pelo público (e a forma como ela fica dentro do imaginário deles).

Estamos falando sobre missão, valores, objetivos, cores, logotipo (sim, o logotipo é apenas uma parte da marca), emoções, enfim, engloba todos os elementos que identificam uma empresa (itens que são apresentado para as pessoas com a finalidade de cativá-las). Segundo Philip Kotler (autor e professor conhecido como o “pai do Marketing moderno”), a marca possui 6 significados: usuário, atributos, cultura, personalidade, valores e benefícios.

Conclusão

Independentemente do termo utilizado, você precisa investir nessa parte para passar credibilidade tanto para as pessoas e como para o próprio mercado e te ajuda na diferenciação dentro do seu nicho de atuação, porque, como ele traduz o espírito do seu negócio ou do seu produto, acaba passando uma imagem bastante profissional.

Outra vantagem é quanto a memorização do seu negócio. Existem diversas empresas que conseguimos identificar através de uma cor, um símbolo, entre outros. É nessa associação rápida que você deve visar para a sua empresa quando investe no logotipo (ou na logomarca, ou só na logo, como quiser…).

Escrito por