Como criar personas

Como criar personas

 

Buyers personas são pessoas fictícias criadas a partir de muitos estudos com clientes e prospects reais. Diferente do público-alvo, personas são a chave para as suas estratégias de mídia, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e SEO. Vamos detalhar as etapas para a sua criação.

 

1.  Defina o que você quer saber

Antes de sair colhendo dados em todos os lugares, liste quais dados você vai precisar, ou seja, que são relevantes para montar uma persona para a sua empresa. Por exemplo, para uma empresa B2C, o cargo que a sua persona ocupa será muito mais relevante do que para uma empresa B2B. Ou ainda, para uma empresa de viagens, o fato de uma pessoa gostar ou não de viajar, é bem mais importante que para uma empresa de roupas infantis. Confira alguns exemplos de informações que podem ser coletadas. Remova as que não são importantes o seu negócio e acrescente as que são.

 

Informações sociodemográficas

Idade

Gênero

Poder Aquisitivo

Estado civil

Se tem filhos

Profissão

Cargo

 

Informações comportamentais

Por que se interessa

Hábitos de consumo

Motivação de compra

Compra mais pela razão ou pela emoção?

Em qual indústria investe mais seu dinheiro?

Que tecnologias utiliza?

Como gasta o tempo livre?

Como se atualiza?

 

Informações que tangem o seu negócio

Qual seu objetivo?

Por quais problemas passa?

Como a sua empresa pode ajudá-lo a diminuir ou solucionar o problema?

 

2. Colha dados que você já tem

Tendo definido as informações que você quer saber sobre o seu público, vamos a etapa de coleta. Primeiro, analise os dados que você já possui. Algumas informações já estarão armazenadas ou coletadas em ferramentas que você já utiliza. Além disso, sua equipe de vendas será a maior aliada nesta etapa pois eles já estão na sua empresa, tem contato direto com os clientes e muitas informações sobre eles. Entreviste-os.

 

3. Vá atrás dos dados que você quer

Após verificar quais informações você já possui, vá atrás do que ainda falta saber sobre a sua persona. Confira algumas ferramentas que podem te ajudar:

 

CRM
Informações sobre frequência e tipo de compra.
Analytics, heat maps, session recordings
Informações quantitativas sobre os acessos ao seu site.
Behavioral targeting
Perfil comportamental de quem acessa o seu site.
Pesquisas
Aquilo que nenhum dos itens acima conseguirem informar, poderão ser extraídos com pesquisas.

 

4. A persona

Finalizada a coleta de informações, é hora de estruturar todas elas e criar o seu personagem semifictício. Lembre-se: persona é um personagem que reúne as principais características em comum do seu público-alvo. Logo, ela não deve ter o nome de clientes reais nem características de um pequeno grupo.

 

Coloque no papel a sua persona, estruture as informações e crie uma história para ela incluindo hábitos pessoais e profissionais que forem relevantes. Além disso, inclua as aspirações pessoais e/ou profissionais e os problemas que está persona enfrenta. Assim, ficará mais fácil identificar em que momento e como a sua empresa pode atuar para resolvê-los.

 

Feito todos esses passos, é hora de compartilhar a persona com a sua equipe para que ela possa servir de base para as estratégias de marketing. A sua persona te ajudará a responder muitas perguntas, como:

 

Qual abordagem devo utilizar nos posts de blogs e mídias sociais e nas campanhas?

Que tipo de layout devo usar?

Em quais redes sociais devo me cadastrar?

Sobre qual tema devo escrever no blog?

Com quais blogs e sites devo firmar uma parceria de conteúdo?

Quais palavras-chave devo escolher para minha estratégia de SEO?

Como devo estruturar a minha landing page?

Google Adwords ou Facebook Ads? Ou ambos?

Como deve ser a periodicidade, o layout e a abordagem do e-mkt?

Você já criou a persona da sua empresa? Se sim, conta para gente. Se ainda não, siga os passos acima e boa sorte!

 

[soundcloud id=’264768766′]

[adrotate banner=”8″]

Comentários